Veja especula o futuro de Renan Calheiros após deixar a presidência do Senado

Segundo a coluna Radar da Veja , muito se fala sobre o destino de Renan Calheiros após deixar a presidência do Senado em fevereiro.

Para onde ele vai?
Para onde ele vai?

Fala-se que ele pode assumir a liderança do partido na Casa, mas o próprio Renan acredita que é o momento de prestigiar outro senador que não ele. Neste cenário, um nome forte que surge é o de Simone Tebet (PMDB-MS).

A senadora é vista como um quadro interessante, inclusive pelo próprio Renan, por ser mulher, filha do ex-senador peemedebista Ramez Tebet e já ter sido sondada para assumir a liderança do governo no Senado. Além disso, Tebet é a aposta do partido no Mato Grosso do Sul.

Outra possibilidade que corre é a de Renan assumir relatorias de destaque no ano que vem. A Comissão do Orçamento, prevista hoje para ficar com Romero Jucá (PMDB-PE), pode acabar trocando de mãos.

Mas em Alagoas comenta-se que Renan deve tirar uma licença para organizar o tabuleiro político e organizar as próximas eleições – em fevereiro faz 22 anos de Casa. Em 2018, ele terá que se reeleger para um 4º mandato de senador, além de fazer seu filho novamente governador.

Tirando a tal licença, o parlamentar forçaria uma reforma na equipe política do estado: Fábio Farias, o 1º suplente de Renan, é também secretário da Casa Civil em Alagoas. Com Farias no senado, Renan Filho ficaria à vontade para mexer em seu governo, já que não criaria nenhum mal-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0