Seris é mais uma vez certificada pelo Ministério da Saúde

Excelência nos serviços prestados. Profissionais de saúde da Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) receberam, mais uma vez, a certificação de aprovação do Ministério da Saúde referente a 14ª rodada de avaliação externa da qualidade para testes rápidos (AEQ-TR) para HIV e Sífilis.

O controle é realizado pelo Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais, em parceria com Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia da Universidade Federal de Santa Catarina (LBMMS/UFSC).

Participaram da avaliação do Governo Federal os enfermeiros Diogo Medeiros Ferreira, Polyana Teixeira Cavalcante, Fabiana da Fonseca Omena e Elisângela Maria da Silva Resende. A coordenadora de Enfermagem da Seris, Polyana Cavalcante, explica a importância da certificação.

“A avaliação é um controle de qualidade para a aplicação de testes rápidos. E esse controle é muito importante, pois realizamos os procedimentos diariamente nas unidades. A certificação estimula ainda mais os serviços executados para promover a saúde da população carcerária”, disse.

De acordo com a coordenadora de Enfermagem, mensalmente, cerca de trezentos testes rápidos são realizados no complexo penitenciário. “Os profissionais estão capacitados e aptos para realizar essa abordagem em qualquer funcionário ou reeducando da forma correta”, comenta.

Para o titular da Seris, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, o resultado do Ministério da Saúde reafirma o compromisso da Seris. “Diariamente, testes rápidos são aplicados nos presídios. Além disso, fazemos mutirões regularmente que reforçam as ações preventivas. Parabenizo a equipe de Enfermagem por mais uma grande conquista”, destaca o secretário Freitas.

Ascom – 05/03/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0