Semarh entrega autorização para agricultores usarem água do Canal do Sertão

canaldosertao
A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) encerrou este mês o primeiro ciclo de audiências públicas sobre a gestão social do Canal do Sertão. As discussões serão retomadas no segundo semestre, em novembro, com as análises das propostas levantadas durante os trabalhos de proximidades junto à população.

Somente em maio, os municípios de Pariconha, Água Branca, Olho d´Água do Casado e Senador Rui Palmeira foram partícipes das audiências coordenadas pela Semarh em parcerias com outros órgãos governamentais, a exemplo das Secretarias de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seagri).

A série de reuniões gerou resultados positivos à população sertaneja. Edilson Ramos, secretário de Gestão Interna da Semarh, citou que no município de Senador Rui Palmeira foi entregue a autorização a 30 agricultores da associação de produtores da comunidade Laje Grande para o uso da água do Canal do Sertão na produção de alimentos.
canal2
“Os agricultores que antes não tinham água para plantar, estão aptos a trabalhar e produzir o milho, a melancia, maracujá e sorgo, por exemplo. Esta autorização concedida pelo Governo de Alagoas permite incremento na economia do sertanejo que terá condições de ampliar a sua fonte de renda”, explica o secretário de gestão interna.

Participação

De acordo com Ramos, mais de 400 pessoas estiveram presentes nas reuniões públicas e demonstraram o quanto a obra do Canal do Sertão será importante para o desenvolvimento social e econômico das famílias.
audienciapublica
“Famílias, agricultores, comunidades indígenas, e lideranças das comunidades e políticas contribuíram com sugestões acerca da administração do Canal do Sertão. Ressaltaram pontos importantes sobre uso da água para agricultura e consumo responsável, por exemplo. Todas as demandas estão selecionadas e serão discutidas no segundo ciclo de reuniões que estaremos promovendo em novembro deste ano”, informou o secretário de gestão Interna.

Ramos declarou ainda que o objetivo da Semarh em conjunto com os demais órgãos do governo é a efetivar uma associação dos usuários do Canal do Sertão. “Com isso, a população terá oportunidade de ter contato imediato com o governo para mostrar como a obra está evoluindo e contemplando suas famílias”, complementa Edilson Ramos.

Agência Alagoas


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0