Secretária de Estado da Saúde inspeciona obra da Casa da Gestante

Visita acontece segunda (23) às 8h30; obra está localizada ao lado da Maternidade Santa Mônica

Casa terá 20 leitos e servirá como residência provisória de gestantes de alto risco ou usuárias em situação de riscoCarla Cleto 
Casa terá 20 leitos e servirá como residência provisória de gestantes de alto risco ou usuárias em situação de risco. Carla Cleto

A secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, realiza às 8h30 desta segunda-feira (23), inspeção da obra de construção da Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP) da Maternidade Escola Santa Mônica, localizada na Avenida Comendador Leão, onde funcionou a antiga Casa do Pezinho.

A obra, orçada em R$ 1,1 milhão, está sendo conduzida pelo Setor de Engenharia e Arquitetura da Universidade Estadual da Saúde (Uncisal) e tem entrega prevista para dezembro de 2016. De acordo com Rita Lessa, diretora-geral da maternidade, a casa terá 20 leitos e servirá como residência provisória de gestantes de alto risco ou usuárias em situação de risco.

“Hoje, nós mantemos pacientes do interior internas por ter um quadro clínico com possibilidade de intercorrências repentinas que podem causar graves sequelas ou até a morte da mãe ou do bebê, caso não tenham acesso ao hospital em tempo hábil”, exemplificou Rita Lessa. No entanto, quando a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera for inaugurada, “as pacientes com esse perfil, bem como as mães acompanhantes dos bebês internos na UTI neonatal, ficarão instalados neste ambiente exclusivo”, salientou a secretária.

A Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP) está sendo construída em cumprimento ao artigo 17 da portaria 1.020, de 29 de maio de 2013, do Ministério da Saúde. Ela institui as diretrizes para a organização da Atenção à Saúde na Gestação de Alto Risco.

Wedja Santos – Agência Alagoas


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0