Renan quer gastar R$ 130 mil em TV a cabo com Sportv, GNT e National Geografic na própria casa e no Senado

Você conhece alguém que tenha cancelado planos de TV por assinatura nos últimos meses? Pois é bem possível que essa pessoa não seja a única entre os seus conhecidos. Um novo relatório divulgado pela Anatel nos últimos meses mostra que, os brasileiros cancelaram mais de 500 mil planos representando uma perda de 2,5% no total de consumidores das operadoras.

Calheiros: TV a cabo porque é preciso relaxar
Calheiros: TV a cabo porque é preciso relaxar

Enquanto vários consumidores cancelam ou deixam de pagar TV por assinatura em decorrência da falta de recursos, o presidente do Senado, Renan Calheiros e colegas querem torrar mais de R$ 130 mil com o ‘luxo’ de ter vários programas da tv fechada a disposição.

A experiência de três mandatos deu a Renan Calheiros a exata medida do quão enfadonhas podem ser as sessões no Senado. Em compensação, fora do plenário as excelências não terão do que reclamar.

Poderão assistir a jogos da NBA, do Brasileirão, a atrações sobre a vida na selva e até ao Super Bonita, com dicas de beleza para todos os gostos. Tudo na conta do erário, obviamente.

O Senado está disposto a gastar até R$ 133 mil para garantir TV cabo por um ano em todos os gabinetes e na residência oficial do presidente da Casa, lógico. Só na casa de Renan haverá sete pontos.

E sem miséria.

O edital do pregão eletrônico pelo qual será escolhida a empresa que prestará o serviço determina que o pacote deve conter, no mínimo, os canais de TV aberta, TV Senado, TV Justiça, TV Câmara, SporTv, SporTv 2, National Geographic Channel, GloboNews, CNN, Multishow, Universal Channel e GNT.

No total, são 157 pontos: além dos sete no endereço de Renan, a fartura de entretenimento estará disponível em 150 gabinetes do Senado.

Colaboração : Coluna Radar Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0