Renan Filho: Bandidos travestidos de torcedores tiram brilho do futebol

renanfilho

O governador Renan Filho criticou severamente, nesta segunda-feira (9), os envolvidos nos episódios de selvageria assistidos ontem por torcedores dentro do Estádio Rei Pelé e por quem viu de casa as imagens exibidas pelo TNH1, TV Pajuçara e pelas redes sociais. Para Renan, a violência no futebol é provocada pela presença de “bandidos travestidos de torcedores” nos estádios.

Ele ainda afirmou que há infiltração do crime organizado nas torcidas de Alagoas. As declarações foram feitas durante a aula inaugural do Curso de Formação de Praças da PM, no Centro de Convenções, em Maceió. “Algumas dezenas de bandidos travestidos de torcedores tiram o brilhantismo do futebol alagoano. As organizadas têm excelentes exemplos no Brasil para não existir. São pouquíssimos casos de respeito à ordem”, declarou.

O governador lembrou a realização de operações policiais nas sedes das duas principais torcidas de times alagoanos, a Comando Alvi Rubro e a Mancha Azul, no ano passado, e ainda um episódio em que integrantes das organizadas trocaram tiros com a polícia.

Policiamento no clássico

Questionado sobre a eficácia do policiamento destinado para o clássico desse domingo, Renan Filho disse que foram destinados dois batalhões para o jogo, com 300 militares. Ele ainda afirmou que o Bope chegou ao local das agressões em tempo hábil. Mas deixou a entender que o controle da violência em campo não deve estar restrito ao policiamento.

Por conta das agressões de ontem, as torcidas serão punidas e há possibilidade de a punição se estender aos clubes. O governador também vai pedir a avaliação da retomada dos jogos com torcida única.

TNH1


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0