PRF PRENDE EX PREFEITO DE SENADOR RUI PALMEIRA CONDENADO POR HOMICÍDIO QUALIFICADO

13100778_1073504572708088_725092546467139922hhshs6_n

Acusado já havia sido preso por ser mentor intelectual do crime ocorrido em 2004, mas condenação definitiva saiu em 2013.

Maceió, 28 de abril de 2016 – Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam na tarde de hoje, 28, às 16horas, em Santana do Ipanema, Mário César Vieira, agropecuarista e ex prefeito de Senador Rui Palmeira, de 54 anos, condenado pelo assassinato de Wilson Oliveira Silva. O crime ocorreu em dezembro de 2004, naquela região, quando, na época, a vítima coordenava campanha política de seu pai, Siloé Moura, candidato àquela prefeitura.

Na tarde de hoje, 28, os policiais faziam ronda pela BR-316, em Santana do Ipanema, quando receberam a denúncia de que o procurado da justiça se encontrava na cidade. Após consultas, os agentes confirmaram o mandado de prisão em aberto contra o acusado. De imediato partiram para o local, encontrando o ex-prefeito e dando voz de prisão ao mesmo.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Santana do Ipanema.

ENTENDA O CRIME

Em dezembro de 2004, Wilson Oliveira, muito conhecido por Wilson Moura, servidor público e coordenador da campanha política de seu pai, candidato à prefeitura de Senador Rui Palmeira, foi assassinado com dois tiros em um bar no centro daquela cidade. O crime chocou o estado. No dia seguinte, a polícia prendeu o assassino confesso, José Romildo, que garantiu ter sido contratado pelo então prefeito, Mário César Vieira.

O crime aconteceu dias antes de Mário César entregar o cargo para o pai de Wilson Mora, que havia sido eleito naquele ano para conduzir o cargo de Prefeito daquela cidade. O acusado já havia sido preso, mas sua sentença definitiva pelo Tribunal do Júri aconteceu em 2013, quando foi condenado a 16 anos e 6 meses de reclusão, e o mandado de prisão, cumprido pela PRF na tarde de hoje, havia sido expedido no último dia 29.

Ascom PRF


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0