Prefeitura de Maceió implanta primeira escola sustentável

 DSC_0149-1024x687

A Prefeitura de Maceió deu início, na manhã desta sexta-feira (3),  ao processo de arborização da primeira escola sustentável de Maceió, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Mestre Izaldino, no bairro Pontal da Barra. Técnicos da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) estiveram na unidade de ensino e fizeram o plantio simbólico das primeiras mudas junto com as crianças e equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Ao longo do ano, outras ações serão desenvolvidas pela Semed para que o Cmei Mestre Izaldino obedeça todas as propostas de espaço educador sustentável. A escola ganhará um pomar com árvores frutíferas – que servirão de complemento na alimentação escolar –, área de compostagem de adubo e uma farmácia viva com ervas e hortaliças, que fornecerão plantas medicinais para ajudar na saúde das crianças.

Josilene Maria dos Santos, funcionária da escola e uma das cuidadoras da horta, destacou a relevância da iniciativa. ” É incrível como as crianças adoram mexer com a terra. Elas se envolvem e ficam felizes quando vêem as plantas crescerem. Acho que toda escola deveria ter um espaço como este. É maravilhoso”, comentou.

As paredes da Mestre Izaldino foram erguidas com um sistema modular de encaixe chamado PVC/Concreto, produzido pela Braskem. Esse tipo de material tem um apelo sustentável por serem 100% recicláveis. Calhas e cisternas também serão colocadas para reaproveitamento da água da chuva.

Como parte da programação da Semana Integrada do Meio Ambiente, foram realizadas, em paralelo às ações de arborização, oficinas temáticas e palestras educativas no complexo esportivo Gonçalo Minin de Lins, ao lado da escola. Caminhadas ecológicas e bandas de fanfarra com alunos da rede também se apresentaram pelas ruas do bairro.

DSC_0130-1024x687

O Departamento de Programas Especiais (DPE) da Semed integrou as ações no complexo esportivo com a equipe de teatro educador TrupEduque, além da Biblioteca Volante – Estação Saber. No mesmo espaço, o projeto Justiça e Cidadania na Escola, da Escola Superior de Magistratura de Alagoas (Esmal), conversou com os estudantes da rede sobre preservação do meio ambiente.

Outras instituições, como Sesc, Senac e IMA, também desenvolveram atividades educativas no local.  “A gente aprendeu nas palestras que devemos cuidar melhor da natureza”, contou o pequeno Rayan dos Santos, aluno do 2º ano da Escola Municipal Silvestre Péricles. Já Heloisa Ranielly, colega de sala de Rayan, gostou mesmo foi da horta. “Adorei cuidar das plantinhas”.

O projeto da escola sustentável foi idealizado pela Semed, em parceria com a Braskem, Instituto Lagoa Viva e Sempma, para servir de referência de edificação segura e sustentável para a comunidade. A proposta é desenvolver a ideia de sustentabilidade do meio ambiente junto com as crianças e estimular a construção de hábitos alimentares saudáveis, sem agrotóxicos nem desperdícios, além de integrar estudantes, servidores e comunidade de maneira harmoniosa com a natureza.

Thiago Guimarães


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0