Prefeito vistoria obras para drenagem de águas pluviais

A Prefeitura de Maceió segue com as obras de construção das estações elevatórias para drenagem das águas pluviais. Os serviços, que quando concluídos devem eliminar as chamadas línguas sujas na orla marítima, foram vistoriados pelo prefeito Rui Palmeira, na manhã desta segunda-feira (30). Ele visitou o canteiro de obras da estação no Ramal 1, nas imediações do Memorial Teotonio Vilela, na Pajuçara.
prefeitovistoria
“Esta é uma obra muito aguardada pelos maceioenses, pelos turistas e por milhares de cidadãos que vivem do turismo, direta ou indiretamente. Estaremos ligando as quatro primeiras estações elevatórias até o final de junho. As demais, que vão do Alagoinhas até o Posto Sete, estão sendo licitadas. Será um ganho para a balneabilidade das nossas praias. A partir do primeiro trecho, a cidade já passa a viver um novo momento e nossa meta é que no próximo verão não haja mais esse problema que afeta a cidade neste trecho”, comentou o prefeito durante a vistoria.

Leonardo Novaes, presidente da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Maceió (Arsmac), afirmou que os serviços estão avançando. As três primeiras estações estão com, aproximadamente, 90% das obras concluídos. “O projeto concebe 11 estações distribuídas em dois trechos. O primeiro trecho vai do Hotel Atlantic até o Alagoinhas e o segundo trecho, até o Posto Sete, este segundo deve ser concluído até o final do ano”, pontuou.
prefeitovistoria2
Na prática, explica Novaes, as estações vão impedir que a água da chuva chegue à praia. “São estações de rebaixamento de lençol com água de drenagem que tenha alguma ligação clandestina no meio do percurso. Em tempo seco, a água será drenada e encaminhada ao Riacho Gulandi, tornando este trecho totalmente balneável”, esclareceu o presidente.

A obra é desenvolvida pela Prefeitura, mas a Braskem doou 7,1 mil metros de tubos de PVC. O trabalho foi viabilizado por meio de parceria firmada entre o Município e a empresa, com a participação do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Maceió (Sinduscon), da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) e da seccional alagoana da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL).
prefeitovistoria3
Neste sentido, o prefeito também destacou a importância das parcerias para a efetivação do projeto. “Seria um investimento muito alto para a Prefeita, mas graças a esta união de esforços, em breve teremos o primeiro trecho funcionando”, disse Rui.

Enquanto trabalha para eliminar as línguas sujas no tempo seco, o prefeito também reforçou que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), tem intensificado as ações de fiscalização. “A Sempma tem feito um trabalho de fiscalização que é muito importante. Infelizmente, ainda existem ligações clandestinas nas redes de águas pluviais e nosso trabalho é coibir este tipo de irregularidade. Inclusive, hoje temos um contrato com equipamento que é uma espécie de robô, que utiliza uma câmera e entra nas galerias auxiliando as fiscalizações”, lembrou Rui.

Turismo

“Sem dúvidas, esta é uma das zonas mais importantes para o turismo em Maceió. Foi aqui que ele ganhou força para movimentar esta economia na cidade. O projeto já vem sendo estudado há muito tempo, mas tomou forma, finalmente na gestão do prefeito Rui Palmeira. Entregar esta obra será um grande marco, um legado para a população e vai elevar o nível de competitividade do destino Maceió”, pontuou o gestor da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), Jair Galvão.

Fonte: Secom Maceió


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0