Neymar deixa hospital de helicóptero após cirurgia no pé

De helicóptero, Neymar deixou o hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, às 10h03 deste domingo. Minutos depois, a aeronave pousou no Aeroporto de Pampulha. Acompanhado da mãe, irmã e da namorada Bruna Marquezine, o craque do PSG andou de muletas pela pista e entrou no seu jatinho, sem ajuda, com destino ao Rio de Janeiro.

Neymar teve alta na manhã deste domingo depois de ser operado no sábado. Para consolidar a fratura no quinto metatarso de seu pé direito, a equipe médica chefiada por Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, usou um parafuso e enxerto ósseo. O cirurgião francês Gérard Saillant, designado pelo PSG, clube que comprou o atacante por 222 milhões de euros no ano passado, acompanhou o procedimento, informa o Ge.

A primeira etapa da recuperação, ainda nesse pós-operatório, deverá ser feita casa de Neymar, em Mangaratiba, litoral sul do estado do Rio de Janeiro. Ainda não foi definido quando ele voltará a Paris.

O brasileiro, que fará inicialmente a recuperação no Rio, ficou internado por cerca de 37 horas, mas mobilizou muita gente. Além de mudar a rotina por conta da grande presença de jornalistas, o hospital recebeu cartas, buquês de flores, pedidos de ajuda e tentativas de visitas, tudo endereçado, claro, ao 16º andar, fechado para ele e seus acompanhantes.

Logo na primeira noite, um envelope em nome de Neymar Junior, que chegou ao hospital de carro na última sexta, e um saco de pombinhas da paz foram entregues por um motoqueiro, que disse desconhecer o remetente. Uma repórter levou, a pedido de uma moça, um buquê de flores para o atacante à recepção do hospital.

Um cadeirante pediu ajuda à equipe médica de Neymar, e duas mulheres queriam que seus filhos/netos conhecessem o mais famoso jogador de futebol brasileiro. Elas chegaram a pedir ao assessor de imprensa da CBF, poucas horas depois do fim da cirurgia.

Ele, gentilmente, explicou que ele estava descansando, num pós-operatório.

04/03/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0