Jovens socioeducandos participam de capacitações

semas-capacitação-liberdade assistida (4)

Os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e são atendidos pelos programas Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviço à Comunidade (PSC), da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), participaram esta semana da aula inaugural que marcou o início da capacitação de 120 deles. Eles foram incluídos em cursos profissionalizantes oferecidos pela Prefeitura de Maceió.

O auditório da aula inaugural ficou lotado de socioeducandos que se inscreveram nos cursos de servente de pedreiro, pintura de obras, mecânico de motocicletas, operador de computador, montador e reparador de computador, mecânico de motores Ciclo Otto, padeiro e confeiteiro, realizados pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai). Parte dos familiares dos meninos e das meninas do LA/PSC também estiveram presentes durante o evento. Todos contaram com o acompanhamento integral das famílias, durante a escolha das modalidades que iam cursar.

De acordo com a secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, a inclusão dos jovens no mercado de trabalho faz parte dos projetos de socioeducação e de cumprimento de medidas judiciais, e vai garantir uma oportunidade para as famílias que se preocupam com o futuro profissional dos adolescentes.

“Confiamos demais nos nossos jovens e acreditamos que eles serão responsáveis pelas grandes mudanças que vão beneficiá-los, além dos vários impactos positivos que só acrescentar nas suas famílias. Queremos descobrir vocações para fomentá-las e encaminhá-los para o mercado de trabalho, onde esperamos que eles continuem a caminhar sozinhos, até mesmo em busca de mais especializações e sucesso”, destacou Celiany.

Anderson Araújo (nome fictício para proteção da integridade do usuário), de 17 anos, disse que estava bastante ansioso para iniciar as aulas no curso de mecânico de motores. “Na verdade, é um curso que eu já tinha dito para a minha mãe que eu queria fazer faz tempo. Mas como ele é caro, a gente não tinha como fazer. Agora eu disse em casa que, quando me formar, eu quero abrir o meu próprio negócio nessa área”, relatou.

A oferta dos cursos profissionalizantes foi oficializada em abril, quando o prefeito Rui Palmeira assinou a contratação do Senai, objetivando a qualidade do cumprimento das atividades que são realizadas semanalmente com o público-alvo do LA/PSC. As turmas dos cursos que já foram iniciados têm prazo de conclusão até o final de 2016. Até lá, novas convocações não estão descartadas.

Netto Motta/ Ascom Semas – Agência Alagoas.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0