Iluminação ganha maior visibilidade com poda na Jatiúca

0505-Iluminacao-Amelia-Rosa-PF-0035-1024x683
A iluminação na Avenida Amélia Rosa foi reforçada com novas lâmpadas de led. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

À noite, a iluminação nas primeiras partes do canteiro central da Avenida Doutor Antônio Gouveia de Barros, na Jatiúca, ficou mais evidente devido aos serviços de poda e supressão realizados pela Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma). A equipe do Núcleo de Monitoramento Arbóreo de Maceió (Numa) do órgão tem acompanhado e orientado o corte nos galhos respeitando a marca de 2,2 metros no passeio onde estão as árvores para que pedestres possam transitar sem riscos.

Os agrônomos do Núcleo têm observado cautelarmente cada corte e supressão em espécies com galhos debilitados ou mortos, além de manter a atenção sobre a copa das árvores e dos troncos. Os trabalhos na Jatiúca prosseguem aos finais de semana com apoio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT)

0505-Iluminacao-Amelia-Rosa-PF-0024-1024x683
A iluminação na Avenida Amélia Rosa foi reforçada com novas lâmpadas de led. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

“Agora, quem passa à noite pelo início da antiga avenida Amélia Rosa nota que a região está mais iluminada devido à poda. Vale ressaltar que muitas vezes estranhamos o corte nas árvores, mas a poda e supressão são feitas apenas com aval técnico de equipes da Sempma, ou seja, são devidamente estudados. Por isso, somente galhos e árvores comprometidos estão sendo podados ou suprimidos para garantir a segurança de motoristas e pedestres”, disse o titular da Sempma, Antonio Moura. Os galhos podados são recolhidos e triturados – o material obtido é reservado e utilizado na composição da compostagem que servirá para plantio de mudas, por exemplo.

Como solicitar poda de árvores

A solicitação do serviço deve ser encaminhada à Sempma, informando o tipo de serviço a ser executado: poda ou supressão ou os dois ao mesmo tempo, o motivo para a execução, o local onde será feito, contato do solicitante e se a árvore fica em área pública ou privada. Preenchido, o documento deve conter ainda a assinatura do responsável e a data da solicitação. Na Sempma, o requerente dirige-se ao Plantão Fiscal, entrega o formulário preenchido e, se a árvore estiver em área pública, o serviço não será tarifado. Confira o documento aqui.

Em áreas privadas, é cobrada uma taxa para avaliação dos agrônomos sobre o local onde será feita a poda e/ou supressão no valor de R$ 100,28. No ato da entrega do formulário, o requerente pode se dirigir a qualquer agência bancária de sua preferência e após pagamento, retornar à Sempma para protocolar o serviço.

Após análise local, os agrônomos informam ao requerente se o serviço será feito conforme solicitado, ou indicam outra forma de solucionar o problema, como a poda de emergencial, poda de equilíbrio ou poda de sustentação.

Em áreas públicas, o processo é feito pela própria Prefeitura. O setor de poda é responsável pela execução dos serviços. Em todos os casos, o solicitante pode acompanhar o andamento do processo por meio do número de protocolo pelos telefones 3315-4735, 3315-4736. A Sempma fica localizada na Rua Marquês de Abrantes, s/n, em Bebedouro.

Ascom Sempma


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0