Espanha quer proibir memes que brinquem com políticos

8058265493e5bfc374e055d85ee5eca2

O partido governista espanhol apresentou uma proposta de reforma que prevê a proibição  de memes da internet que zombem de políticos.

Legisladores do Partido Popular (PP) anunciaram as medidas para impedir a “divulgação de imagens que atentam contra a honra de uma pessoa” e apresentaram uma moção ao Congresso Nacional. De acordo com a proposta, os únicos memes que serão censurados são os “insultosos, envolvem ameaças de morte ou acusam as pessoas de cometer um crime”.

Os políticos querem que as medidas sejam incluídas na Lei de Segurança dos Cidadãos, introduzida em julho de 2015 e inclui restrições aos protestos públicos e ativismo dos meios de comunicação social. Os ministros afirmaram que a novidade seria uma atualização de uma lei de 1982, envolvendo a difusão de imagens insultantes, não levava em conta a internet.

Muitos dos memes que seriam vetados tratam sobre as políticas do primeiro-ministro Mariano Rajoy.

Os defensores da liberdade de expressão criticam a proposta veementemente dizendo que ela seria um ataque às liberdades civis e acreditam que as medidas podem levar a outras formas de censura. “Estamos preocupados porque a web não exige leis especifícas, pois os mesmos direitos e deveres deveriam ser os mesmos online e offline”, afirmaram os críticos na Plataforma para a Defesa da Liberdade de Informação em comunicado. E completaram: “Se a intenção é perseguir aqueles que publicam imagens sem consentimento, então um ato tão difundido como compartilhar crítica política na forma de memes se torna uma atividade arriscada”.

Milhares de usuários de redes sociais reagiram ao anúncio compartilhando dúzias de memes envolvendo Rajoy, sob a hashtag #SinMemesNoHayDemocracia – que significa “sem democracia sem memes”.

Yahoo

14/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0