Em Maragogi: Sergio Lira cresce na reta final

azul-de-maragogi-sergio-e-belinha

Maragogi – 24 – Em Maragogi, extremo norte do litoral alagoano, a reta final das eleições para prefeito aponta para um crescimento no eleitorado do candidato da Oposição, o médico e ex-prefeito Fernando Sergio Lira Neto (PP), que tem a jovem empresária Isabella Laranjeiras como vice.

Em todo o município, os comentários são quase unânimes: há tempos não se via a população tão mobilizada em torno de uma candidatura majoritária. No olhar, nos gestos, nas palavras, na vontade de abraçar Sergio Lira, no tom emocionado da voz, nas lágrimas dos mais carentes e esquecidos. Maragogi anseia por mudança, para sair do retrocesso de 12 anos de um governo familiar envolvido em escândalos financeiros, denúncias e processos.

A campanha ganhou novo impulso no final da semana passada, quando foi divulgada a primeira pesquisa registrada no TRE, sob o número 07660, que só veio confirmar o favoritismo de Sergio Lira. Os números dão uma diferença de 15 pontos percentuais entre o candidato da oposição e o segundo colocado, o ex-prefeito Marcos Madeira (PMDB). Com metade das intenções de votos, a campanha de Sergio Lira avolumou-se, atraindo novos aliados e adesões populares, e sua vitória nas urnas parece irreversível, consolida.

Azul é a onda de Maragogi

Nas redes sociais, a cor que prevalece é a azul, da sua coligação, “Todos com Maragogi”. Diariamente, “pula mais um”, expressão usada para definir o eleitor que abandona o candidato do PMDB para apoiarSergio Lira . Os eleitores posam orgulhosamente, vestindo a cor do céu e fazendo gesto do 11 com os dedos indicador e médio, e fazem questão de tornarem públicas suas escolhas.

Na mesma pesquisa, ainda foi questionada a gestão do atual prefeito,Henrique Madeira(PSD), primo e cria política do candidato Marcos Madeira. Henrique, que faz a pior administração do município, sofre rejeição de 59%. Como se não bastassem todos os problemas de infraestrutura que o município enfrenta, ainda atrasa o salário dos funcionários. Tem aposentado, que recebe pela folha do IPREV (Instituto de Previdência Própria), que falta receber seus proventos relativos ao mês de julho.

Desde o início que a vitória de Sergio Lira é perceptível. Seus atos públicos têm arrastado multidões nunca dantes visto. A caminhada no povoado de São Bento, por exemplo, onde o candidato do PP, apoiado pelo senador Benedito de Lira com certeza tem um esmagador número de votantes, foi histórica. Ficará registrada para sempre no calendário político como a maior manifestação política de Maragogi.

E Sergio Lira não precisou de nenhum chamariz, de nenhum político de renome estadual ou nacional, como sempre faz seu opositor.

Além disso, sua coligação também fez o maior comício do povoado de Peroba e, para surpresa de seu principal adversário, que pensou ter feito a maior carreata, os aliados de Sergio Lira conseguiram botar quase o dobro de motos e veículos para percorrer as ruas de São Bento, Maragogi e Barra Grande, na última sexta-feira, para comemorar o resultado da pesquisa.

Não é à toa que virou ícone para uma grande fatia do eleitorado jovem. Gente que cresceu assistindo à deterioração dos bens públicos de seu município e a ausência de uma boa gerência governamental. Sergio Lira é tradução de esperança. Por isso conta com o apoio dos jovens mais conscientes e politizados do município.

Rapazes e moças antenados, conectados pelas redes sociais que constroem argumentos sólidos para o defenderem dos ataques oposicionistas mais baixos. O número de jovens militantes voluntários tem surpreendido. Eles buscam melhoria para Maragogi, vez que se trata do futuro deles. O entusiasmo em prol de mudança é tamanha que realizaram, por iniciativa própria, o primeiro Comício dos Jovens na cidade. A grande popularidade do evento causou inveja no adversário, que tentou plagiar a ideia, mas, como nenhuma cópia é igual ao original, foi um fracasso.

Ruan Acioly, 20 anos, recepcionista de uma pousada, é um desses jovens engajados.

“Nunca vi a juventude tão unida antes como está agora. É lindo ver os jovens saindo às ruas, mobilizados, emocionados, com vontade de mudar. Tenho certeza que no dia 02 de outubro vamos fazer a mudança que Maragogi precisa! A vitória será de Sergio Lira, e nós daremos o grito de liberdade dessa ditadura que aí está!”

E a universitária Samara Vitória, de 17 anos, diz por que vota em Sergio Lira:

“Político não é aquele que sobe num palanque e começa a fazer promessas. Existe uma enorme diferença entre viver “de” política e viver “para” política; o que pensa em beneficiar a si mesmo e o que pensa em beneficiar a massa. E é por isso que eu escolho Sérgio lira, porque ele irá representar a população maragogiense. Porque ele não tenta iludir o povo com abraços, não promete, ele mostra o que fez! O opositor já teve a chance e a desperdiçou, preocupou-se apenas em beneficiar a quem o acompanhou, e se esqueceu das necessidades básicas do cidadão, nos privando da educação, saúde, dignidade, direitos que estão resguardados na norma superior, a Constituição.”

A confiança de que sairão vitoriosos dessa árdua batalha é visível no semblante de todos. “Precisamos resgatar a nossa querida Maragogi para que todos nós, maragogienses, possamos voltar a sorrir”, diz o militante Tárcio Galvão, do povoado de Barra Grande.

Texto: José Waldemar de Oliveira, especial para o Blog do Bernardino.

bernardino-assinatura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0