Dia de Campo da Soja atrai produtores e especialistas em Campo Alegre

Evento, realizado na Fazenda Ribeira, marca segunda safra do produto em Alagoas

e675bfe430f43f565b694df44587acc4_l

O Dia de Campo da Soja realizado nesta terça-feira (4), na Fazenda Ribeira, no município de Campo Alegre, marca o início da segunda safra do grão em Alagoas. O evento atraiu a atenção de técnicos, produtores, especialistas, fornecedores de máquinas e fertilizantes, além de representantes instituições bancárias oficiais e do sistema produtivo. O Secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, prestigiou a solenidade representando o governo de Alagoas.

 

Em área de renovação da cana, medindo 200 hectares, marca a diversificação da cultura de cana-de-açúcar com excelente adaptabilidade para o plantio da soja na região. A produção tem obtido sucesso, atingindo entre 30 a 40 sacas por hectare, dependendo da variedade.

 

“A escolha pela soja se deu pelo fato de ser a melhor cultura para se plantar em Alagoas, porque além de vantajosa economicamente tem excelente produtividade em conjunto com a cana-de-açúcar”, destaca Everaldo Tenório, proprietário da Fazenda Ribeira.

 

Segundo Tenório, das cinco tipos de variedades testados na área, duas se destacaram com um ótimo rendimento de produtividade. “Com o sucesso da safra, nossa meta é aumentar a área de plantio e a produtividade”, assegura o produtor.

 

Para o secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, apesar das dificuldades climáticas o resultado apresentado é extremamente satisfatório, e o Governo de Alagoas, por meio da Seagri, vai continuar dando todo apoio e incentivando a cultura da soja no Estado.

 

“O trabalho com o experimento do plantio de soja iniciada em 2015 em Alagoas, é uma prova que no futuro poderá ser comercializada como semente para o mercado interno e também exportada para outros países”, comemora Álvaro Vasconcelos. Para ele, esse sucesso representa o fortalecimento do setor, gerando emprego e renda em Alagoas.

 

Como informa Hibernon Cavalcante, superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, o apoio e o incentivo do governo de Alagoas na diversificação da agricultura têm sido de fundamental importância para o desenvolvimento econômico para o estado. “Além disso, a soja se casa muito bem em área de renovação de cana, por deixar resíduo da matéria orgânica e também fixar nitrogênio ao solo”.

Ronaldo Lima – Agência AL

04/10/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0