Agronegócio representa 50% de tudo que o Brasil exporta em 2016

62a397e00d744578f80c79f6f1915ceb

De acordo com boletim divulgado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em abril, o agronegócio representou 52,5% dos embarques nacionais. No acumulado de quatro meses, o índice chega a 50,2%. No mesmo período do ano passado, o percentual era de 44%, segundo dados do então Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

As exportações no mês passado totalizaram US$ 8,08 bilhões, alta de 14% em relação a abril de 2015, o que em receita significou acréscimo de US$ 1,01 bilhão. Dez produtos representaram 79,6% das vendas externas do setor. A soja em grãos foi principal destaque dos embarques, com US$ 3,53 bilhões, 43,7% do total, seguida por carne de frango in natura (US$ 533 milhões), farelo de soja (US$ 452 milhões), celulose (US$ 438 milhões) e açúcar em bruto (US$ 380 milhões). Em volume, as vendas externas cresceram 42,9%.

Outro destaque foi o crescimento dos embarques do suco de laranja em abril. As vendas do produto não congelado subiram 261,8% na comparação com o mesmo mês de 2015. O comércio dos itens “outros sucos de laranja” e “suco de laranja congelado” teve elevação de 183,3% e 70,6%, respectivamente. Assim, as exportações desse produto cresceram de US$ 79,24 milhões, em abril de 2015, para US$ 162,41 milhões, no mês passado, impulsionadas, entre outros fatores, pelas dificuldades de outros países para produzir sucos de frutas.

Famasul

[sam id=”1″ codes=”true”]


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0