Praias alagoanas estão aptas para banho e seguem sendo monitoradas, afirma Semarh

Um relatório sobre situação das praias alagoanas atingidas pelas manchas de óleo foi emitido, nesta sexta-feira (11), pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e esclarece que as praias alagoanas estão aptas para banho.

Apesar das manchas encontradas em algumas praias do Estado, em especial na área do Litoral Sul, as ações de monitoramento e de limpeza das regiões junto aos municípios têm sido suficientes para manter a região própria para banho, como esclarece o secretário executivo do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Alex Gama.

“Foi uma semana de acompanhamento com os municípios de todo o Litoral alagoano. No Norte, as praias estão limpas sem nenhum registro significante de fragmentos. E no Litoral Sul, nos municípios de Marechal Deodoro, Barra de São Miguel e Roteiro houve registro de materiais encontrados, mas já foi feita a limpeza. Apenas em Coruripe e Piaçabuçu, houve um volume expressivo de material encontrado, mas as prefeituras já estão realizando a limpeza das áreas afetadas”, disse Gama.

É importante destacar também que os municípios de Coruripe e Piaçabuçu, locais onde foram identificados os maiores focos de manchas de óleo, vão seguir recebendo um atendimento especial O material já foi retirado e está recebendo o devido encaminhamento à Central de Tratamento de Resíduos.

Ainda deve ser ressaltado que os fragmentos que ainda podem ser encontrados são considerados insuficientes para alguma intervenção emergencial, as ações das prefeituras municipais continuam trabalhando para sanar os danos.

Por fim, ressalta-se que não foram identificadas manchas de óleo adentrando a Foz do Rio São Francisco, porém segue o monitoramento da foz e, caso haja a necessidade, haverá a descarga de vazões do reservatório de Xingó para evitar que possíveis manchas deste óleo adentrem ao rio São Francisco.

Monitoramento intensificado

Equipes da Semarh e do IMA/AL fizeram um monitoramento com o uso de drones e embarcações na região da foz do Rio São Francisco, até a região de Piaçabuçu, e não foram encontradas novas manchas de óleo se aproximando da costa de Alagoas.

Ascom – 12/10/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)