Mais de 67 mil atendimentos foram realizados nas Unidades da Sesau em junho

Durante o mês de junho foram realizados 67.160 atendimentos nas oito unidades mantidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O balanço foi divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Centro de Processamento de Dados (CPD) da Superintendência de Atenção à Saúde (SUAS).

A exemplo dos meses anteriores, o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, fez o maior número de atendimentos, totalizando 12.543. E mais uma vez a maioria dos atendimentos (8.964) foi de casos clínicos, que deveriam ser assistidos pelos municípios, por meio da Atenção Básica.

Ainda no mês de junho, o maior hospital público de Alagoas atendeu 2.223 casos clínicos. Também neste período foram atendidas 143 vítimas de acidentes de trabalho e 585 vítimas de acidentes de trânsito, sendo 232 de colisões, 30 de capotamentos, 66 de atropelamentos e 257 de motocicletas.

As vítimas de agressão que receberam atendimento no HGE durante o sexto mês deste ano totalizaram 210, sendo 125 por agressão corporal, 45 por arma branca e 40 por arma de fogo. Ainda no mês de passado a unidade hospitalar atendeu 42 vítimas de queimaduras, 35 pessoas que necessitaram de assistência da equipe de otorrinolaringologia e 29 que tentaram suicídio.

Os dados, na visão do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, apontam que, mais uma vez, o HGE comprova o seu alto poder de resolutividade no âmbito da saúde pública. “O HGE é um hospital referência no atendimento a politraumatizados, mas nenhum alagoano fica sem atendimento ao chegar àquela unidade apresentando um problema clínico, mesmo que a responsabilidade deste atendimento seja dos municípios, que são os gestores da Atenção Básica no âmbito do SUS [Sistema Único de Saúde]”, salientou.

Ambulatórios – Os cinco Ambulatórios 24 Horas de Maceió prestaram assistência a 34.265 pessoas durante os 30 dias do mês de junho. Deste total, o Assis Chateaubriand, no Tabuleiro do Martins, atendeu 7.001 usuários, o Dom Miguel Câmara, na Chã da Jaqueira, prestou atendimento a 5.156  pessoas e o Denilma Bulhões, no Benedito Bentes, fez 6.499 atendimentos.

Já o Ambulatório Noélia Lessa, na Levada, prestou assistência a 7.647 pessoas e o João Fireman, no Jacintinho, atendeu 7.962 usuários durante o mês de junho. A Clínica Infantil Daisy Breda, na Levada, especializada na assistência a crianças e adolescentes, atendeu 3.104 pessoas no mesmo período.

Samu – Referência no atendimento pré-hospitalar, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez o socorro de 4.164 usuários no sexto mês deste ano. Do total, 17 foram resgatados pelo Samu Aeromédico e o Serviço de Motolância atendeu 221 pessoas. A Central do Samu Maceió e suas 16 Bases Descentralizadas prestaram assistência a 2.243 pessoas e a Central do Samu Arapiraca e suas 19 Bases assistiram 2.226 usuários.

Os quatro hospitais estaduais do interior do Estado atenderam 12.779 pessoas durante o último mês de junho.  O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, atendeu 3.861 usuários no mesmo período. Já os Hospitais Quitéria Bezerra (Água Branca), Antenor Serpa (Delmiro Gouveia) e Arnon de Melo (Piranhas) prestaram assistência a 8.918 pessoas nos últimos 30 dias do mês passado.

Ascom – 06/07/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)